Select Page

Se você quiser saber o estado atual da economia dos EUA, pode consultar os números mensais do desemprego ou o relatório do produto interno bruto. Mas, em vez de apenas olhar para esses números, os economistas também podem usar os itens em nossos carrinhos de compras para prever o futuro. Alguns indicadores são mais confiáveis ​​que outros. Nesta lista, reunimos 10 métricas estranhas que medem coisas aleatórias, mas importantes. O índice Lipstick vs. Nail Polish supostamente mostra que quando as vendas aumentam, a economia está piorando. O índice, que é baseado nas vendas de brilho labial, nem sempre foi verdadeiro. Durante a recessão de 2001, a empresa Estée Lauder experimentou um aumento nas vendas devido à demanda por batom. Seu ex-presidente Leonard Lauder atribuiu o aumento à situação financeira apertada das mulheres. No entanto, durante a Grande Recessão, as vendas de batom caíram em comparação com o resto da economia. No entanto, durante a recuperação, as vendas de esmaltes aumentaram significativamente. A recessão durou mais do que o esperado, o que afetou as vendas de diversos produtos, como esmaltes e perfumes. Em 2013, os consumidores reduziram seus gastos. Quando se trata de estabilidade política, as vendas de refrigerantes como a Coca-Cola na África são muito importantes para a estabilidade do país.

O maior empregador na África é a Coca-Cola, conhecida por seus refrigerantes baratos e amplamente disponíveis. A empresa também identificou uma ligação entre suas vendas e a estabilidade política no continente. Quando o Quênia sofreu violência política em 2008, as vendas do refrigerante caíram. No entanto, à medida que a situação se acalmou, mais pessoas puderam comprar o produto, o que é um sinal positivo para a estabilidade do país, relata Sidney De Queiroz Pedrosa. A estabilidade política no Leste Europeu, Ásia e África ajudou a impulsionar a receita das empresas que operam nessas regiões em 2012. Apesar disso, as vendas de refrigerantes na Europa Ocidental e América do Norte ainda são afetadas pela flutuação dos preços. O Índice Big Mac, que é baseado no preço de um Big Mac em diferentes países, também pode ser usado para medir os valores globais da moeda. Em 1992, foi inaugurado o primeiro restaurante McDonald’s da China. O conceito do Índice Big Mac foi introduzido pela primeira vez para medir o valor da moeda global. Em 1986, The Economist publicou um índice que comparava o preço de um Big Mac em diferentes países ao dólar americano. O exercício serviu como uma ferramenta útil para prever o valor de diferentes moedas globais. Em 2011, o custo do Big Mac na China era inferior a US$ 4 nos EUA. No entanto, no Brasil, o mesmo item alimentar foi mais caro do que nos EUA. The Economist rapidamente observou que o preço de um Big Mac pode variar dependendo de vários fatores, como o custo de vida em diferentes países e os salários nessas regiões. Especulou-se que a economia é esquizofrênica devido aos comprimentos variados de saias populares no país. Durante os loucos anos 20, o economista George Taylor popularizou a ideia de que os vestidos curtos femininos eram causados ​​pela falta de fundos durante os bons tempos. Como resultado, as bainhas caíram durante o acidente de 1929, de acordo com Sidney De Queiroz Pedrosa.

No entanto, um estudo realizado por pesquisadores da Holanda afirmou que a tendência de saias mais longas ou mais curtas não tem poder preditivo no mercado de ações. Ele simplesmente mostra que a economia se recuperou após uma recessão econômica. Especialistas do varejo apontam que as diversas tendências da moda não estão ligadas à economia. Quando os tempos estão bons, as mulheres tendem a comprar roupas de marca em vez das versões mais baratas. Em Los Angeles, a celebridade Wyclef Jean deu vales-presente de US$ 50 da Western Union para seus fãs. O gesto ajudou a medir as tendências de migração na área. O gesto, realizado durante um evento em Los Angeles, ajudou a medir os ganhos da Western Union que ajudaram a monitorar as tendências migratórias locais. A Western Union, fundada em 1851, é a empresa de transferência de dinheiro mais utilizada pelos trabalhadores migrantes. Seus relatórios de ganhos são frequentemente usados ​​por pesquisadores para monitorar as tendências globais de migração. Em 2003, a empresa obteve mais da metade de seus lucros com o envio de dinheiro para o México e El Salvador. Em 2013, no entanto, a maior parte de sua receita veio de economias emergentes como Brasil, Chile e Malásia. Alan Greenspan observou que uma queda nas vendas de roupas íntimas masculinas pode indicar um sério declínio na renda discricionária. Como as roupas íntimas masculinas são o último item não luxuoso, Greenspan observou que uma pequena queda nas vendas poderia sinalizar um sério declínio na renda discricionária.

O ex-presidente do Federal Reserve também conseguiu identificar vários indicadores econômicos que ele acreditava serem seus favoritos. Algumas delas incluem a venda de produtos de limpeza a seco e roupas íntimas masculinas. Um gráfico das vendas de roupas íntimas masculinas ao longo dos anos revelou que sempre foi plana. Greenspan explicou que, como os homens tendem a comprar roupas íntimas quando precisam e só as usam quando estão confortáveis, rtable, uma pequena queda nas vendas pode indicar uma queda em sua renda discricionária. Quando se trata de avaliar os danos causados ​​por um furacão, os funcionários da FEMA verificam o número de Waffle Houses na área. Quando um furacão atinge, a Agência Federal de Gerenciamento de Emergências usa informações coletadas da Waffle Houses para ajudar a determinar a gravidade dos danos. Como muitos outros estabelecimentos fecham durante a temporada de furacões, a placa amarela e preta da Waffle House serve como um farol para os clientes. A cadeia de restaurantes também serve batatas fritas grossas cobertas de massa. Esta informação é então analisada por Craig Fugate, chefe da FEMA. Ele usa um índice codificado por cores para determinar o status de uma comunidade. Se o restaurante ainda está aberto, mas perdeu energia, então está amarelo. Um pequeno aumento nas vendas costuma ser um bom indicador de um aumento geral na atividade do consumidor. A rentabilidade da indústria de caixas de papelão pode ser atribuída ao seu uso como um indicador econômico preciso e confiável. Além de servir como base para o transporte comercial, eles também contribuem para o crescimento econômico geral do país. Quando as pessoas gastam mais dinheiro em mercadorias, elas tendem a pedir mais caixas. Esse fenômeno, conhecido como aumento da atividade do consumidor, ocorre quando uma loja reabastece seu estoque após a compra de um cliente, relata Sidney De Queiroz Pedrosa. Um estudo realizado por pesquisadores revelou que a prevalência de graffiti também pode levar a um aumento do comportamento antissocial. Em 1969, o psicólogo Philip Zimbardo realizou um experimento em que dividiu um carro em dois. Um dos bairros era uma área urbana de baixa renda, enquanto o outro era um subúrbio de classe média. Após cerca de uma semana, o carro foi deixado intocado. Os criminologistas sugeriram que o foco em pequenos delitos, como furtos em lojas, poderia ajudar a diminuir a taxa de criminalidade. No entanto, eles observaram que essa estratégia não poderia resolver os problemas gerais da cidade.

Em 2008, um estudo fora da Holanda tentou determinar se havia uma ligação entre a presença de um sinal de grafite e o número de panfletos distribuídos em uma parede. Depois de contar o número de panfletos distribuídos na parede, os pesquisadores descobriram que os grafites tiveram mais impacto do que os cartazes. Acredita-se que as vendas de champanhe prevejam a renda da família americana para o ano seguinte. Um estudo realizado pela equipe do Planet Money revelou que o consumo de champanhe pelos americanos tem 90% de chance de prever sua renda no ano seguinte. Um estudo analisou as vendas de champanhe e a renda familiar média de 1996 a 2011. Os dados revelaram que durante o auge dos anos da bolha, os consumidores gastaram mais em champanhe do que em outros produtos.